O milagre da Fonte da Gomeira

 

No século XV, e após a conquista de Ceuta, o rei Afonso V dirige as suas atenções sobre o norte de África no sentido de consolidar a presença portuguesa no Além mar representado por Marrocos. Tavira é das cidades mais importantes para o esforço de guerra do rei africano. Entre outras famílias nobres que se destacaram neste tempo, como os Corte-Real, surge a família dos Franca, navegadores e comandantes militares

Nossa Senhora A Franca
A Senhora da Franca, padroeira da família Franca

estabelecidos nas Terras da Ordem de Santiago, correspondente actualmente à freguesia da Conceição de Tavira. No seu esforço para conseguir melhorar a produtividade das suas terras, Diogo Lopes da Franca, juiz-mor da Alfândega de Tavira, faz um acordo secreto com um mercador mouro para melhorar a infraestrutura de regadio das suas terras. Pelo meio e antes de conseguir o seu intuito, vai ter de lutar, em conjunto com a sua amada Genoveva Pessanha, contra conspirações e contra uma maldição divina que insiste em não largar a sua família.

Anúncios