Monthly Archives: Março 2017

E se… não tivesse ocorrido terramoto !?

terreiro_do_pac3a7o_em_1662

Esta pintura do artista holandês Dirk Stoop é um magnífico postal ilustrado de como era o Terreiro do Paço antes do grande terremoto. Ao fundo vemos o Paço da Ribeira, residência da família real em Lisboa. Se não tivesse ocorrido terremoto não teríamos Avenida da Ribeira das Naus e teríamos provavelmente o Conselho de Ministros a reunir-se no alto daquela torre cimeira a estender-se para o Tejo. O Bairro Alto espreita de lá de cima por detrás do grande paço real. Três cavaleiros posam para o quadro e ao fundo à direita vemos soldados alinhados que parecem estar em treino de tiro. Não esqueçamos que estávamos em plena guerra da restauração! Crianças brincam com um cão em primeiro plano e parecem dizer adeus ao nobre que vai dentro do coche vigiado por um séquito de pelo menos uns vinte soldados que vão á frente. Será algum embaixador de alguma nação europeia que se prepara para a viagem de regresso !? Provavelmente o seu barco não partirá do primitivo Cais das Colunas mais do antigo Cais do Sodré. A rua pode ser insegura porque poderia haver espiões castelhanos à beira de uma oportunidade para o assassinarem ! Provavelmente uma aliança necessária que pode mudar o destino da guerra da restauração que já dura há mais de 20 anos. Os três cavaleiros poderiam ser os três mosqueteiros portugueses, se eles empunhassem semelhantes armas, afinal estamos na época para quando Alexandre Dumas situou a acção da sua obra fundamental.  Finalmente, no primeiríssimo plano um jovem acompanhado de um africano olham para a “câmara” da objectiva do pintor. Por ser na época que é diríamos que provavelmente o africano poderia ser um escravo, mas ele vem bem vestido para o que seria suposto ser as vestimentas de quem está forçado a trabalhos pesados.  No centro da praça ainda não está o D. José montado a cavalo, afinal só dali a cem anos se vai dar o terremoto mas está lá algo mais prático para a vida dos lisboetas da altura: uma fonte pública aonde os lisboetas mais necessitados enchem os seus cântaros do obrigatório líquido essencial. Qual a será a divindade pagã que encima a dita fonte!? Será Neptuno !? Mais histórias se poderiam decalcar desta cena !
Como seriam hoje os roteiros turísticos no Terreiro do Paço se estes edifícios tivessem subsistido até à actualidade !?