The White Queen

Esta série produzida pela BBC em colaboração com o canal Starz, relata a história de 3 damas no período da História de Inglaterra conhecido como “Guerra das Rosas“. Composto por uma temporada em dez episódios, condensa três livros da autora Philippa Gregory : “A Rainha Branca”, “A Rainha Vermelha” e a “Filha do Fazedor do Reis” (king-maker), Richard Neville, conde de Warwick – e que correspondem às personagens históricas Elizabeth Woodville Rivers, Margaret Beaufort Tudor e Ana Neville . Todas as três foram rainhas consorte de Inglaterra , tratando-se de uma história contada pela perspectiva do sexo feminino. São poucas as imagens de recriação de batalhas, centrando-se a acção no romance, casamento, família e intrigas palacianas. Elizabeth Woodville casa-se secretamente com o rei Eduardo IV de Iorque, enquanto Margaret Beaufort é mãe do futuro rei Henrique VII, e fundador da dinastia Tudor, e Anna Neville a esposa do malogrado Ricardo de Iorque, irmão mais novo de Eduardo, depois rei como Ricardo III.

Pelo meio, um pouca de fantasia, com magia negra, com Elizabeth Woodville, pelo facto de ser filha de Jacqueline do Luxemburgo, cuja casa afirma ter origens lendárias na “fada” Melusina, uma criatura fantástica semelhante à “mãe de Grendel” que aparece na epopeia de Beowulf (história que por sua vez tem semelhanças à lenda ibérica medieval da “Dama Pé-de-Cabra“).

Para a história da Guerra das Rosas ficam os capítulos finais com o assassinato dos príncipes da torre que levou à tomada do trono por Ricardo III e a tragédia final da sua derrota e morte na Batalha de Bornsworth, uma história que só seria concluída 520 anos mais tarde, com a descoberta do corpo do último rei da casa de Iorque num parque de estacionamento perto de Leicester, e que levou à sua morada final, em enterro real, na Catedral de Leicester.

Fonte: The White Queen Wiki | FANDOM powered by Wikia

Anúncios

Autor: digitalfisherman

I lost the eye which used to peer into the future. The eye that looks into the past is the only one that remains.

Um pensamento em “The White Queen”

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s